Cartas de condução para imigrantes sem documentos

Uma proposta de lei apresentada pela deputada Tricia Farley-Bouvier, de Pittsfield, e pelo senador Brendan Crighton, de Lynn pretende que todos os residentes qualificados em Massachusetts, independentemente do estatuto de imigração, possam ter uma carta de condução, não abrangendo o Real ID.

Na passada quarta feira, 4 de setembro, realizou-se em Boston uma audiência conjunta realizada pelos legisladores estaduais onde varias pessoas manifestaram-se a favor e o xerife do condado de Bristol, Tom Hodgson esteve presente para se manifestar totalmente contra classificando os projetos de lei de “ultrajantes” e diz que, se aprovada, a legislação irá resultar num aumento de imigrantes ilegais no estado.

Acrescentando que será uma “recompensa” para os infratores da lei, concedendo-lhes um privilégio que está reservado para aqueles que seguem a lei e fazem da maneira certa, disse o xerife.

Uma das razões que os promotores deste projeto de lei apresentam é que ao conceder cartas de condução aos ilegais, as estradas seriam mais seguras, porque os condutores indocumentados teriam seguro.

O Centro de Orçamento e Política de Massachusetts estimou quarta-feira que existem pelo menos 185.000 imigrantes sem documentos no estado.

A aprovação da legislação provavelmente geraria $6 milhões em receita estadual nos primeiros três anos e reduziria o prémio de seguro em Massachusetts em cerca de $20 por ano. 

Também iria gerar uma receita adicional de $62 milhões para as companhias de seguros, segundo o relatório.

Quatorze estados, incluindo Connecticut e Vermont, já tem leis deste género.

O governador Charlie Baker disse aos jornalistas na quarta-feira que não apoia a legislação.

Search

Author: 97.3 FM, WJFD

WJFD 97.3 is the only 50,000-watts FM radio station in the United States broadcasting in the Portuguese language 24/7/365. Massachusetts, Rhode Island, New Hampshire, Connecticut, Maine and Long Island (NY)